Solução para os pequenininhos!

A Dra. Adriana me telefonou hoje. Queria saber como era melhor proceder no tratamento de uma calopsita que precisava ser medicada.

A grande dúvida era como medicar um animal tão pequeno sem agredí-lo.

Na verdade, quaisquer aves e animais de pequeno porte podem ser medicados através de soluções orais. Essas tais de soluções orais nada mais são que medicamentos preparados em forma líquida com sabor.

Daí eu expliquei a Dra. Adriana que a maioria dos princípios ativos farmacêuticos podem ser veiculados nestas soluções e que o sabor preferido das aves é morango.

Com a dose calculada adequadamente pelo médico veterinário,  as gotinhas deverão ser administradas conforme a prescrição.

Mais que rapidamente o medicamento foi preparado aqui na Animalle e a calopsita já está recebendo as “gotinhas para saúde” todos os dias. Basta pingar as gotas num pedacinho de banana ou num pouco de água que deverá ser ingerido imediatamente.

Sugestão: quando temos animais tão pequenininhos, devemos sempre observar o comportamento deles e saber que quando há alguma alteração, pode haver um problema.

O correto é procurar um veterinário imediatamente. E hoje já são muitos os médicos veterinários especialistas em animais exóticos.

A farmácia Animalle dispõe de soluções para aves, roedores e vários tipos de animais exóticos.

Conte sempre conosco! Até a próxima!

Deixe um comentário

Arquivado em animais, farmácia veterinária, manipulação, Uncategorized

“E O MEU CÃOZINHO TEVE UMA CONVULSÃO!!”

Oi gente!! Hoje a Dona Júlia (nome fictício) me ligou… Tinha acabado de chegar com a Maya do veterinário e ele tinha prescrito Brometo de Potássio. A Maya tinha tido uma convulsão e o doutor prescreveu o uso deste medicamento associado com fenobarbital. A Dona Júlia estava desesperada, e aqui na Animalle nós sempre damos prioridade para atender estes casos e sempre entregamos estes medicamentos no mesmo dia.

O Brometo de Potássio é um depressor da excitabilidade neuronal anticonvulsivante. Para utilizar este medicamento, é necessário o receituário médico em duas vias.

Para o caso da Maya, demos para a Dona Júlia a possibilidade de manipularmos o Brometo em cápsula, suspensão sabor carne e biscoito medicamentoso. A Dona Júlia escolheu a suspensão de sabor carne pois ela  já recebe o medicamento na forma líquida, mede na seringa especial o volume necessário e só coloca na boquinha da Maya.

Entregamos o medicamento na casa da Dona Júlia hoje mesmo e soubemos que ela já deu a primeira dose para a Maya.

Sabemos que o efeito do Brometo de Potássio é imediato e em poucas horas a crise convulsiva diminui e evolui até que seja possível retirar totalmente o fenobarbital e o próprio Brometo, em alguns casos. Desejamos muita sorte para a Maya e logo, logo ela vai se ver livre destas crises.

Se o seu cachorrinho teve uma crise convulsiva e o veterinário prescreveu o Brometo de Potássio, entre em contato com a Animalle que podemos oferecer maiores informações sobre este produto.

No mais, volto em breve !

www.animalle.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Blog de cara nova e com novos assuntos…

Olá!! Andei meio sumida… Na verdade, totalmente sumida!! Isso não significa que me esqueci do blog.. Vi que mesmo não postanto há tanto tempo, o blog da Animalle era um sucesso… São tantas pessoas que como eu necessitam de informações e vêem na internet seu refúgio. Gente, na internet tem resposta para tudo! Esses dias experimentei jogar palavras absurdas e apertar o enter… O que era aquilo? Um monte de respostas também absurdas!    

 Enfim, voltei a ser blogueira e agora não largo mais!! Vou escrever sobre temas específicos que envolvem a farmácia e os animais. Quem disse que ser farmacêutico é ser um profissional restrito e sem possibilidade de crescimento? Ser farmacêutico é poder amar os animais e usar os conhecimentos acadêmicos para  ajudar estes seres tão incríveis a recuperar e manter a saúde.

Por falar em saúde, esse blog começou em 2009. Há dois anos! (Como os anos estão passando rapidamente!) Ele surgiu junto com o sonho de termos em Goiânia uma farmácia de manipulação exclusivamente veterinária. Que alegria foi ver a abertura da Animalle! Que sufoco foi permanecer com uma empresa aberta neste País de injustiças e de impostos tão altos..

Eu sei que muita gente sonha em se tornar um “empreendedor”… Assunto para um post, quem sabe!! Mas já deixo um trecho da Bíblia que diz: “o justo viverá por fé”. (Fiquei rindo sozinha) Prezados, nem tudo são espinhos, nem tudo são flores…

Mas é isso aí!! A Animalle cresceu, eu cresci como pessoa, e porque todos estamos crescendo, o blog passou por essa reforma geral. Vou falar do que acontece por aqui… Entre fórmulas e dúvidas, entre atendimentos e queixas, vou procurar relatar como é o dia – a – dia de uma farmacêutica especialista em veterinária.

Espero que você goste! Esse blog é para todos aqueles que amam os animais. Quem quiser falar comigo em tempo real, é só acessar www.animalle.com.br no horário comercial e clicar em chat on line. Ou então, mande seu e-mail para contato@animalle.com.br. Vou ter o maior prazer em responder!

Um abraço e até o nosso próximo post, dessa vez com assunto totalmente novo.

 

Deixe um comentário

Arquivado em animais, farmácia veterinária, manipulação, Uncategorized

FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO VETERINÁRIA!

… SOMENTE COM SERIEDADE E HONESTIDADE UM PAÍS COMO O BRASIL QUE É TIDO COMO COMO UM DOS MAIS CORRUPTOS DO MUNDO PODERÁ REVERTER ESSA VERGONHOSA SITUAÇÃO…

COMEÇO O ANO FAZENDO UM APELO AOS LEITORES ASSÍDUOS DESTE BLOG: “ENTENDAM A SERIEDADE DO TRABALHO DE QUEM SE DISPÕE A TRABALHAR COM MEDICAMENTOS VOLTADOS EXCLUSIVAMENTE PARA OS ANIMAIS E, POR FAVOR, ENTENDAM QUE SOMENTE FARMÁCIA COM REGISTRO PELO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA) PODEM MANIPULAR MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS. NÃO SE ENGANEM! O MAPA CONCEDE AOS LICENCIADOS UM DOCUMENTO QUE COMPROVA QUE O ESTABELECIMENTO ESTÁ APTO A TRABALHAR COM MEDICAMENTOS PARA ANIMAIS.”

ESTE É O MEU ALERTA!

SEGUNDO A LEI,

DOU nº 110, de 10 de junho de 2005, Seção 1,  pág 27 a 33.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO.
GABINETE DO MINISTRO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 8 DE JUNHO DE 2005

O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, inciso II, da Constituição, tendo em vista o que dispõe o Decreto-Lei nº 467, de 13 de fevereiro de 1969, e o Decreto nº 5.053, de 22 de abril de 2004, e ainda o que consta dos Processos nºs 21000.010657/2003-14 e 21000.000379/2005-41, resolve:

Art. 1º. Aprovar o Regulamento Técnico para Registro e Fiscalização de Estabelecimentos que Manipulam Produtos de uso Veterinário; O Regulamento de Boas Práticas de Manipulação de Produtos Veterinários – Anexo I; O Regulamento de Boas Práticas de Manipulação de Produtos Veterinários Estéreis – Anexo II E o Roteiro de Inspeção para Estabelecimento que Manipula Produtos Veterinários – Anexo III.

Art. 2º. Todo estabelecimento que manipula produtos de uso veterinário deve estar registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para fins de licenciamento e cumprir com os regulamentos aprovados por esta Instrução Normativa.

Art. 3º. O descumprimento às disposições previstas neste Regulamento Técnico e em seus Anexos implicará sanções e penalidades previstas na legislação de produtos de uso veterinário, sem prejuízo da responsabilidade civil e criminal cabíveis.

Art. 4º. Fica proibida a manipulação, e dispensação de preparações magistrais e oficinais, para uso em bovinos, bubalinos, suínos, caprinos, ovinos, aves, peixes e outras espécies utilizadas na alimentação humana, bem como de produtos veterinários de natureza biológica.

Art. 5º Esta Instrução Normativa entra em vigor na data da sua publicação.

ROBERTO RODRIGUES

Diante do exposto, ainda explico que também segundo a Lei, não basta que uma farmácia licenciada para manipulação de medicamentos humanos se licencie junto ao MAPA, é necessário que a mesma possua laboratório de manipulação exclusivo para a manipulação de produtos veterinários.

Por isso, mais uma vez, alerto para que os amantes dos animais e médicos veterinários estejam atentos para praticas em discordância com a legislação. Tais acontecimentos colocam em risco a vida de animais e homens!

A Animalle, por ser uma farmácia veterinária, se submete à legislação vigente e submete todos os seus procedimentos e medicamentos à Garantia da Qualidade e também esclarece que utiliza bases farmacêuticas específicas para animais.

Nos posicionamos contra todos aqueles que fazem da arte milenar farmacêutica um uso indiscriminado sempre em nome do lucro e da competitividade desvairada.

Conte sempre conosco! E-mail para contato: animalle.farmacia@hotmail.com

até a próxima!

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

…variadas… ANIMALLE FARMA VET

As variadas dessa semana são para desejar um

novo ano cheio de muita paz e prosperidade!

SHAMPOO PARA DERMATITE SEBORRÉICA

LCD ………………………………………………….. 3%

Acido Salicílico ……………………………………… 1,5%

Enxofre Líquido …………………………………….. 2%

Irgasan ………………………………………………. 0,5%

Shampoo base vet. q.s.p ………………………………. 100mL

 Indicação: seborréias eqüinas e canina (oleosa), seborréia idiopática (refratária ao perócido de benzoíla, enxofre e ácido salicílico.

LOÇÃO COMPOSTA COM CLOTRIMAZOL

Clotrimazol …………………………………….. 1%

Betametasona …………………………………. 0,2%

Loção q.s.p …………………………………….. 100mg

 Ação: antifúngico e antiinflamatório.

PIODERMITES – TRIOCLOSAN (IRGASAN)

 Forma Farmacêutica Sugerida: shampoo.

 Indicação: piodermites.

 Ação: anti-séptico.

 Concentração usual: 0,1 a 0,5%.

 

Eliminador de Odor

  • Composição: (cada 100ml)

Cloreto de Benzalcônio …………… 0,8%

Veículo q.s.p. ………………………… 100%

Pomada

Gentamicina (sulfato) ………….. 0,5g

Sulfanilamida ……………………… 5g

Sulfadiazina ……………………….. 5g

Uréia …………………………………. 5g

Vit. A ( palmitato) …………………….. 120,000 UI

Excipiente q.s.p. ……………………… 100%

  • indicado:

–         Ferimentos superficiais de pele.

–         Ferimento de difícil cicatrização.   

 

O desejo da Animalle é que 2010 seja realmente um ótimo ano para todos!

…Mande-nos um e-mail e solicite o Guia Prático Nº 1 de Fitoterapia… (animalle.farmacia@hotmail.com)

até!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

…variadas… ANIMALLE FARMA VET

♥♥ É NATAL!! VAMOS COMEMORAR COMO NUNCA POIS A VIDA, POR MAIS DIFÍCIL QUE SEJA, MERECE SER APROVEITADA COM INTENSIDADE E MUITO AMOR… ♥♥
   … NESTA SEMANA, AS VARIADAS ANIMALLE VÃO REVELAR DIFERENTES FORMULAÇÕES QUE SÓ A FARMÁCIA EXCLUSIVAMENTE VET DE GOIÁS TEM…
  
  

BANHO SECO

  • Composição: (cada 100 mL) 

Glicerina ……………….. 3,0g

Lanolina ………………… 1,0g

Veículo q.s.p. ………… 10 mL

 LIMPA ORELHAS

  • Composição: (cada 100 mL)

Propilenoglicol ……………….. 20,0g

Glicerina ……………………….. 7,0g

Lanolina etoxilada líquida … 1,50g

Veículo q.s.p. …………………. 100 mL

  ANTI-SEBORRÉICOS

1) Enxofre …………………………………………………………………………….. 1 – 3%

    Ácido Salicílico …………………………………………………………………. 0,5 – 2%

    Shampoo base q.s.p. ………………………………………………………….. 120ml

Indicação: Seborréia “seca”, dermatose marginal da orelha, Síndrome do comedão do cão schnauzers e na adenite sebácea.

Ação: Anti-seborréico, quearolítico e queratoplástico.

2) Sulfeto de Selênio ……………………………………………………… 1 – 5%

Shampoo base q.s.p. ……………………………………………………… 120 ml

Indicação: Seborréica idiopática “oleosa”

Ação: Queratoplástica e queratolítica.

Obs.: contra indicado para felinos.

AZATIOPRINA – Imunossupressor

 

Propriedades:

A azatioprina antagoniza o metabolismo das purinas e pode inibir a síntese de DNA, RNA e proteínas, e também pode interferir no metabolismo celular e inibir a mitose. Supõe-se que o mecanismo de ação na artrite reumática e outras doenças imunizantes está relacionado com a imunossupressão.

Indicações:

Gastrite atrófica crônica.

Enterite linfocítica eosinófila

Hepatite ativa crônica

Anemia hemolítica imune

Trombocitopenia imune

Doenças de pele imunes

LES, piogranulomas estéreis

Poliomiosite imune

Miosite mastigatória

Controle da atrite reumatóide ativa e grave, que não responde a medicamentos convencionais.

Profilaxia da rejeição de transplante de órgãos.

Azatioprina ……………………………………………………………. 25 mg

Super suspensão sabor carne …………………………………. 5ml

Obs.: cálculo feito para um cão com 5 kg.    

Quantidade total: 150 ml

Posologia: Adminstrar no animal 5 ml 1x ao dia.

BOA SEMANA A TODOS!!

SEMANA QUE VEM, MAIS VARIADAS…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

CARRAPATOS: CONTROLE E PREVENÇÃO

 Nesta semana o tema é carrapatos. Consideramos o mesmo bem oportuno dada a chegada o verão e o aumento da infestação destes seres que não são considerados como “amigos” principalmente pelos males que causam aos nossos queridos animais.

 

 

A infestação de carrapatos no cão, além de causar um incômodo muito grande ao animal pela coceira que provoca (reação alérgica), pode causar anemia e transmitir doenças como a Babesiose e a Erlichiose.

A anemia no cão pode ocorrer nas grandes infestações, uma vez que o carrapato se alimenta do sangue do animal. Mas não é necessária uma grande quantidade de carrapatos para que a Babesiose ou a Anaplasmose sejam transmitidas. Às vezes, um ou dois carrapatos que estejam carregando formas infectantes dos protozoários causadores dessas enfermidades são o bastante para que o cão contraia uma dessas doenças.

Assim, o controle do carrapato deve ser constante e qualquer sinal de apatia, febre, falta de apetite e mucosas (gengivas ou conjuntiva) pálidas em cães que costumam ter carrapatos, é motivo de uma visita ao veterinário e um exame de sangue, para detecção da Babesia ou da Erlichia. Elas são tratáveis quando diagnosticadas a tempo.

Mas o que fazer para evitar que o cão pegue carrapatos?

Infelizmente, não há nenhum esquema de tratamento preventivo. Se o cão freqüenta áreas infestadas por carrapatos, ele certamente irá pegá-los. Regiões com vegetação em sítios ou fazendas, são os lugares mais comuns. Porém, existem muitos casos de pessoas que tem problemas com carrapatos dentro de seus canis ou quintais. Às vezes, num passeio a uma praça ou parque, o cão pode se infestar.

E como combater o carrapato? 

Assim como as pulgas, o carrapato não é um problema só do animal, mas sim do ambiente. O carrapato, em todos os seus estágios de vida (desde larva até adulto), é muito resistente. Assim, combater o carrapato é difícil. Você pode eliminá-lo do cão facilmente com banhos carrapaticidas, porém, o inimigo que você não vê, ou seja, os ovos e larvas, estão no ambiente e nele sobrevivem durante muitos meses. Muitos são os casos de proprietários que vivem combatendo o carrapato no cão, mas nunca conseguem exterminá-lo por completo.

Um outro detalhe é que os carrapatos colocam seus ovos na vegetação e também em frestas das paredes e piso. Dessa forma, todos esses lugares têm que ser tratados e não os cães somente. Quem tem na vizinhança terrenos com mato, criação de animais como cavalos e gado, pode sofrer com os carrapatos, pois esses parasitas são capazes de escalar altos muros em busca de alimento.

Um combate eficaz ao carrapato inclui:

 No animal:

– banhos carrapaticidas. Quando a infestação é grande, repetir os banhos a cada 15 dias;

– animais de pêlos longos devem ser tosados no verão, época em que o calor e umidade fazem com que a incidência de carrapatos aumente muito;

– Coleiras contra carrapatos e pulgas funcionam como tratamento complementar aos produtos SPOT ON (aplicados no dorso do animal). Por terem um longevidade grande (de 5 – 7 meses dependendo do produto), é uma opção complementar.

No ambiente:

– uso de carrapaticidas: aplicar nos canis, casinha dos cães, em plantas e canteiros, atentando para frestas nas paredes ou pisos e ralos. Repetir o tratamento a cada 15 dias;

– em canis de alvenaria, o uso da “vassoura de fogo” é muito eficaz. O calor irá destruir todos os estágios do carrapato. Repetir o tratamento a cada 15 dias; uma opção caseira são aparelhos com jato de vapor d’água fervendo (vaporetos);

– se possível, fechar todas as frestas existentes nos canis ou paredes dos quintais, assim como no piso;

– mude de produto a cada 2 ou 3 aplicações, para que o carrapato não desenvolva resistência e o tratamento passe a ser ineficaz.

Importante:

– filhotes, fêmeas gestantes e gatos não devem ser banhados com produtos carrapaticidas;

– CONSULTE O VETERINÁRIO antes de usar qualquer produto;

– banhos carrapaticidas devem ser dados com o cuidado de não permitir ao animal lamber o produto durante o banho, nem deixá-los secar ao sol.  A ingestão e absorção excessiva podem causar intoxicação grave;

– animais com ferimentos abertos (feridas ou queimaduras) não devem ser tratados;

– retire os animais do ambiente que irá receber o tratamento contra carrapatos até que o produto usado seque completamente.

 

Caso a infestação ambiental seja excessiva e de difícil controle contrate uma empresa de detetização, pois as mesmas usam produtos de efeito residual mais prolongado ajudando no controle. Porém, certifique-se do tempo de retirada dos animais para evitar eventuais intoxicações.

O combate ao carrapato deve ser intensivo e durante um longo período de tempo. Nos meses mais quentes, a infestação pode voltar e os cuidados devem ser redobrados. Nas áreas em que há carrapatos em qualquer época do ano, o tratamento deve ser constante.

…a Animalle Farmácia de Manipulação Veterinária coloca à disposição várias formulações inovadoras no controle e combate aos carrapatos… entre em contato conosco e solicite informações!

Animalle: 62 3093 1990 ou animalle.farmacia@hotmail.com

até a próxima!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized